12 deputados estaduais devem disputar a eleição municipal 

 
Pelo menos doze deputados estaduais estão na condição de pré-candidatos a prefeito na capital e no interior do Maranhão. O número é bem superior da disputa eleitoral de 2016, quando cinco concorreram e todos acabaram saindo derrotados. Dessa vez, a história é diferente e pelo menos cinco tem chances reais de vitória. Obviamente, que os suplentes estão de olho e vivem a expectativa de assumir o mandato efetivamente a partir de janeiro de 2021.

No chapão governista que elegeu 26 deputados estaduais, seis estão em pré-campanha: Adelmo Soares (PCdoB) em Caxias; Detinha (PL), Duarte Júnior (Republicanos), Neto Evangelista (DEM) e Yglesio Moyses (PROS), em São Luís e por fim Marco Aurélio (PCdoB) em Imperatriz. Nessa chapa é possível ter no máximo eleição de três, sendo assim os atuais suplentes que estão no mandato Ariston Ribeiro (Republicanos), Zito Rolim (PDT) e Valéria Macedo (PDT), eles seriam beneficiados diretamente.

Na chapa da ex-governadora Roseana Sarney que elegeu cinco deputados, dois vão concorrer: Adriano Sarney (PV) em São Luís e Rigo Teles (PL) em Barra do Corda. Observa-se que o parlamentar cordense foi eleito pelo PV, portanto caso venha vencer a eleição municipal, Socorro Waquim (MDB), será alçada a condição de deputada estadual. O outro que teria direito a vaga de titular como deputado estadual seria Léo Cunha, que é pré-candidato a prefeito em Estreito.

Os dois que foram eleitos pelo PRTB estão na condição de pré-candidatos: Leonardo Sá (hoje no PL), disputa em Pinheiro e Felipe dos Pneus (hoje no Republicanos), disputa em Santa Inês. Betel Gomes e o vereador Marcial Lima seriam os beneficiados em caso da eleição dos dois.

Por fim, existem duas situações distintas, uma bem confortável que é relacionada ao Solidariedade, uma vez que Fernando Pessoa é franco favorito na disputa de Tuntum e assim, Fábio Braga seria o beneficiado. Já no PSDB, Guilherme Paz vive uma expectativa grande, afinal Wellington do Curso pode compor a chapa com Eduardo Braide (Podemos) e existe chance real de vitória, o que beneficiaria diretamente o filho de Clodomir Paz, assim como pode ocorrer também que o dono do Curso Wellington dispute a eleição para prefeito e o suplente viva a mesma expectativa. (As informações são do Blog do Diego Emir) ⊇

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *