Escrito por um médico bem perfeisuado de codó

Bom dia
Com profundo pesar observo que chegamos aos 100.000 infectados
A tão famosa CURVA ainda não chegou
Vamos visualizar a curva quando os casos confirmados diminuam
Mas não as mortes
A taxa de mortalidade no Brasil ao momento és de 7%
Matemática simples e pura
O que na área da saúde se chama de BioEstadistica
Números que são cidadãos, operária, avós, mães e pais de filhos e netos, técnicos, enfermeiros em médicos (as) que verão seus sonhos apagados pela ignorância e desinformação o informação distorcida das autoridades maiores do país
Que só se protegem nos bordões de que SOMOS A LINHA DA FRENTE, és uma GUERRA, ou um GRIPIZINHA.
És verdade, para aquelas autoridades que podem ter acceso ao hospitais de primeiro mundo, São Marcos, Sírio Libanês, Albert einstein; sim , lá terão muitas chances: mas e aí?!
Os que dependem do simples SUS? Do Hospital Geral Municipal? Do socorrão da vida??? Aí não meus queridos, aí a dor e a sensação de impotência, indignação e dor aflora.
Sem palavras para descrever o meu sentimento, mas com medo de que está virose maldita tome de cada um de nós o nosso maior tesouro que és a vida de alguém que amamos, independente si és um bebê, atleta ou idoso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *