NASA não consegue evitar colisão de asteroide mortífero com a Terra

Pesquisadores da NASA revelaram ser incapaz de evitar o impacto de um asteroide com a Terra
Em um mero exercício acadêmico, uma equipe de pesquisadores da NASA foi confrontada com a probabilidade de um asteroide aparecer em rota de colisão com o nosso planeta e revelou-se incapaz de evitar o impacto.
Lindley Johnson, oficial de Defesa Planetária da NASA, explica que o painel de cientistas da NASA foi confrontado com um dos cenários mais desafiantes durante a conferência International Academy of Astronautic’s Planetary Defense na semana passada e que a equipe simplesmente não conseguiu encontrar a solução para evitar o impacto, mesmo considerando a utilização de armas nucleares.

+ NASA consideraria arma nuclear contra um asteroide em direção à Terra
+ Índia anuncia ajuda bilionária para o setor de saúde diante de segunda onda devastadora

O objetivo do exercício passa também por envolver as comunidades de gestão de crises e de resposta de emergência a cooperar e a pensar juntas na reação que teríamos de ter, enquanto planeta, para desviar um asteroide no espaço.

A equipe do Centro para Estudos de Objetos Próximos à Terra da NASA descreveu o objeto hipotético, com o nome 2021 PDC e foi partilhando informações ao longo dos quatro dias do evento. Os participantes aprenderam que o objeto media entre 35 e 700 metros e que havia uma probabilidade de colisão de 1 para 20, algures para outubro deste ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *