Petrobras aumenta em quase 8% o preço da gasolina nas refinarias a partir de terça-feira

Reajuste médio, segundo a companhia, será de R$ 0,15, o que corresponde a uma alta de 7,6% sobre o preço vigente desde 29 de dezembro. Valor do diesel será mantido, segundo a estatal.

A Petrobras informou nesta segunda-feira (18) que elevará o preço médio da gasolina nas refinarias em R$ 0,15, para R$ 1,98 por litro, a partir desta terça-feira (19). Já o preço do diesel não será alterado.

Este é o primeiro reajuste aplicado sobre a gasolina este ano e corresponde a 7,6% sobre o valor médio de R$ 1,84, vigente desde 29 de dezembro, quando o combustível havia sido reajustado em 5% – foi o segundo reajuste no último mês de 2020.

O reajuste será aplicado após avanço das cotações internacionais do petróleo nas últimas semanas. Segundo levantamento da Reuters, o preço do petróleo Brent, referência internacional, aumentou em cerca de 7,5% desde a última vez em que a Petrobras elevou os valores de gasolina e diesel, em 29 de dezembro. Nesse período, o real desvalorizou cerca de 1,5% ante o dólar.

Temos mais uma novidade no HRT (Hospital Regional de Timbiras)

Temos mais uma novidade no HRT (Hospital Regional de Timbiras) que vai começar a fazer o ultrassom morfológico, que é o exame de imagem utilizado para avaliar e acompanhar o desenvolvimento do bebê dentro do útero. Esse exame é essencial, pois ajuda a identificar doenças e malformações. E o quanto antes problemas forem descobertos, melhor para a saúde do bebê.
Muita das vezes, perguntamos o que é examinado no ultrassom morfológico:
O ultrassom morfológico examina:
 Cabeça: formato, medida e estrutura.
 Rosto: possíveis malformações, como lábio leporino (fenda labial).
 Coluna: avalia se não há nenhum problema na coluna, como desalinhamento.
 Formação dos membros do bebê: braços, pernas, mãos e pés.
 Coração: avalia o funcionamento do coração e das principais veias e artérias.
 Estômago: examina as condições do estômago.
 Rins: verifica se o bebê tem os dois rins e se a bexiga funciona normalmente.
 Localização da placenta
 Cordão umbilical
Essa é mais uma vitória do Governo do Maranhão que está sempre avante e temos como lema COMPROMISSO E AÇÃO.

Repórter Max Márcio pode desculpa da divugação com mal entendido

*Nota de esclarecimento*

Sobre a informação de *suposto desligamento programado para toda a cidade de Codó,* nessa terça-feira (19), que está circulando pela cidade, a Equatorial Maranhão esclarece que *a informação não procede e não haverá desligamento em toda a cidade*.

A distribuidora informa que tomou conhecimento da situação por meio da imprensa e identificou que *ocorrerão 02 desligamentos em áreas pontuais da cidade nesta terça-feira (19)*: um na Avenida Santos Dumont, bairro São Sebastião, das 14h às 17h15, atingindo 46 unidades consumidoras; e outro na Rua Costa e Silva, Bairro São Sebastião, das 09h30 às 15h30 atingindo 112 unidades consumidoras.

A distribuidora informa ainda, que para qualquer situação de desligamento programado, todos os clientes são comunicados individualmente por meio de cartas enviadas a cada residência previamente. Vale destacar que as programações ocorrem em etapas, a energia pode voltar antes do horário previsto e essas ações não costumam envolver uma cidade inteira de uma vez.

Os desligamentos programados têm por objetivo a melhoria da qualidade no fornecimento da energia elétrica para a população.

*Assessoria de Imprensa da Equatorial Maranhão*
https://youtu.be/t5qbE-sJNx

PREFEITO DE CODÓ ANÚCIAR QUE ESTÁ TUDO PRONTO PARA RECEBER A VACINA CONTRA COVID 19

O Brasil conta hoje com duas vacinas aprovadas pela Anvisa na luta contra a Covid-19. A prefeitura municipal de Codó já está com tudo pronto para iniciar a vacinação, assim que as doses chegarem.
Na primeira fase serão vacinados idosos acima de 60 anos e profissionais de saúde que serão imunizados.

Assessoria de Comunicação – ASCOM
Prefeitura Municipal de Codó

Farmacêutica Roche decide encerrar produção de medicamentos no Brasil

Fechamento da fábrica da empresa no Rio de Janeiro está previsto para ser concluído entre quatro e cinco anos.
Ju

O grupo farmacêutico suíço Roche decidiu encerrar a produção de medicamentos no Brasil. Em comunicado, a companhia informou as atividades de sua fábrica, localizada em em Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, deverão ser totalmente encerradas entre quatro e cinco anos.

A Roche Farma Brasil, divisão do grupo no país, manterá a sede e o escritório administrativo em São Paulo, e o centro de distribuição que possui em Anápolis (GO).

Segundo a empresa, não há previsão de redução do quadro de funcionários no Rio de Janeiro em 2019, em decorrência do anúncio. Atualmente, são 440 empregados na unidade.

“Nossos colaboradores receberão o melhor suporte possível, com tratamento transparente e respeitoso, ao longo deste período de transição”, disse, em comunicado, Patrick Eckert, presidente da Roche Farma Brasil.

A empresa atribuiu a decisão à estratégia global de “concentrar os esforços em produtos inovadores de alta complexidade e baixo volume de produção”.

Segundo a Roche, os medicamentos produzidos atualmente no país (Bactrim, Bonviva, Cymevene, Dilatrend, Dormonid, Lexotan, Prolopa, Rivotril, Rocaltrol, Rohypnol e Valium) consistem em produtos de alto volume e baixa complexidade, “o que torna a operação do Rio de Janeiro pouco sustentável”.

“A Roche reforça seu compromisso de continuar abastecendo os pacientes com os medicamentos de alta qualidade hoje fabricados no Rio”, acrescentou.

A empresa informa em seu site ter 1.200 colaboradores em toda a operação no Brasil.